O retorno do tribalismo: A nova face da extrema direita e o problema do mal na politica- Victor Oliveira

O retorno do tribalismo: A nova face da extrema direita e o problema do mal na politica- Victor Oliveira

É comum que toda tradição religiosa de grande porte em certo momento tenha que lidar com a questão da existência do mal. Ora, se é próprio da religiosidade a tentativa de conexão com a dimensão divina e esta geralmente é representada como portadora de um bem, faria sentido vivenciarmos o mal concretamente? A teodiceia, além de servir de munição para os arautos de um ateísmo militante, é também, paradoxalmente, instrumento de mergulho da fé na própria experiência religiosa. E o motivo é simples: o mal existente é evidentemente percebido e é parte da experiência concreta da condição humana.

É justamente por sermos capazes de experienciá-lo e de enxergá-lo no dia a dia que percebermos que há algo de transgressor na sua existência, o que leva necessariamente ao ímpeto de nos colocarmos em oposição a ele. Nesse aspecto a presença do mal se relaciona com algo mais específico do que o simples sofrimento contingencial ou a percepção da fragilidade humana frente a incerteza e a temporalidade, – um mal natural, no caso – mas a manifestação de certos tipos de tragédias que são, em suma, produtos da própria ação humana. Esse fenômeno estaria ligado, portanto, ao que podemos chamar de um mal moral, isto é, proveniente da conduta errônea individual ou coletiva que perpetua conscientemente o que há de mais abjeto em termos éticos e com isso dá vazão às mais variadas tragédias que possamos compreender.

Não é incomum que o rastreamento desses eventos seja facilmente realizável através da consulta ao passado acumulado, haja visto que na história humana os horrores trágicos ocupam posição central de análise e de entendimento do nosso próprio passado. Basta olhar para os diferenciados momentos que será perceptível a identificação de certas atrocidades e problemas profundos que ocorreram através das relações políticas, sociais e individuais e que impactam inclusive o nosso presente. Esse olhar distanciado e assustado frente ao passado muita das vezes promove a ilusão de que muitos desses problemas não são mais concebíveis ou parte da realidade vigente.

As promessas iluministas de um progresso não apenas tecnológico e científico, mas moral e político, ecoam nas narrativas do homem moderno que se acha absolutamente evoluído em relação às barbáries cometidas pelos antigos. Mas, como bem aponta John Gray, a crença dogmática iluminista da evolução moral humana através da razão se provou falha diante tragédias particularmente modernas, coisa que o século XX, dominado pela ascensão de totalitarismos e pela ocorrência de duas das maiores guerras vivenciadas pela humanidade não nos deixa mentir. Não obstante, John Gray é taxativo em suas afirmações acerca da ideia do progresso moral contínuo e acumulativo: “na ciência, o progresso é um fato, na ética e na política é uma superstição. [. ] os avanços que foram conquistados
na ética e na política não são acumulativos. O que foi conquistado pode ser perdido, e eventualmente irá se perder.”1

Foi sob a verdade da permanência do mal que Hannah Arendt dedicou certa reflexão à questão enquanto produto de um comportamento político localizado.
Arendt, é claro, presenciou em vida a experiência histórica totalitária de adesão massiva as ideologias nazifascistas o que, em certo sentido, faz com que olhemos para sua reflexão novamente com olhar distanciado e incompreendido, a medida que a indagação espantosa a respeito da possibilidade de manifestação desses males toma conta da consciência contemporânea. Entretanto, como bem observável pela atmosfera que predomina os dias atuais, a presença de males políticos não pode ser atribuída a uma passado fixo e inalcançável do qual estaríamos imunes por algum motivo particular. Não é preciso ir longe para compreender que a presença de muitas das tragédias que vemos como parte de um passado assustador insistem em permanecer vigentes e inclusive acabam ditando muito dos dramas contemporâneos da situação política atual.

A resposta elaborada por Arendt ao se deparar com os males de seu tempo reside na percepção da banalidade do mal como um elemento indispensável de compreensão desse fenômeno, no qual a submissão irreflexiva a certas tendências, narrativas e atitudes permite a normalização e a aceitação do trágico como adequado, a ponto de se anular qualquer sensibilidade e capacidade de manifestação da própria consciência. Desse modo, o mal é absolvido não através da expressão de uma figura megalomaníaca, mas na conduta ordinária. É como a autora justamente descreve o perfil de Eichmann, julgado pelos crimes que cometeu contra a humanidade em nome do regime de Hitler: “não era nenhum Iago, nenhum Macbeth, e nada estaria mais distante de sua mente do que a determinação de
Ricardo III de “se provar um vilão”.2

Edmund Burke, ao se opor aos revolucionários franceses fez alusão a uma reação plenamente afetiva, de articulação de ‘sentimentos morais’ que que não poderiam ser ignorados3. A banalidade do mal quase que como um método de anulação da própria consciência frente a expressividade de uma maldade evidente, anula essa capacidade instintiva; a consciência não deixa de existir, o indivíduo continua sendo um ser humano “comum”, o que muda é justamente a capacidade de utilização das próprias capacidades afetivas e morais para compreender o mal apropriadamente.

O problema do mal em política às vezes se apresenta de forma complexa, em meio a dilemas éticos e situações de tensão que sequer se adequam a respostas claras e unilaterais. Porém, não são raros os momentos em que a possibilidade de compreensão da manifestação de uma mal evidente, que não tem o medo de dizer o seu nome e manifesta todas as categorias morais que contrariam a noção de
justiça, se articulam e ganham força no seio das relações humanas. O que inevitavelmente nos leva ao questionamento central acerca de como essas
tragédias se tornam viáveis e aceitáveis perante a sociedade. De tal forma, a pergunta inicial é sempre aquela de tentar responder exatamente como chegamos até esse ponto e como é possível entender o fenômeno. Se há um mal evidente e se termos certeza de que há algo de errado em relação a ele, como compreender justamente as experiências de terror e atrocidades que não foram apenas cometidas, mas que foram apoiadas, justificadas e que de diversas maneiras continuam a se apresentar como problemas recorrentes nos nossos dias?

Trazendo a questão para o contexto atual, a ascensão da mentalidade totalitária parece ganhar força novamente em meio a uma era de promessas democráticas que anunciava o fim da história em termos ideológicos. Narrativas ditas populistas de extrema direita se apresentam à luz do dia fazendo apologia descarada a violência e declarando guerra contra todo o arcabouço moral e institucional que herdamos da ordem liberal democrática e ocidental. Esses movimentos não são produtos de culturas autocráticas, não são exclusivos de uma realidade cultural obscura e específica, mas emergem propriamente no seio das maiores democracias contemporâneas e utilizam justamente de seu arcabouço para promover a barbárie como forma legítima de discurso político. Desse modo, é possível observar o surgimento de problemas que poderíamos pensar ser exclusivos de uma realidade histórica passada se apresentando de forma expressiva no nosso presente. E ao pontuarmos a emergência dos atuais grupos ideológicos que ganham cada vez mais força na promoção da barbárie, a conexão com o passado remoto marcado pelos
impactos do culto a um tribalismo ideológico pernicioso se torna inevitável. Se no século XX o fascismo e outros totalitarismos apresentaram sua face e deixaram um legado de horror irreparável, como lidar com as ameaças atuais que hoje remetem e
resgatam a mesma mentalidade, buscando legitimar a presença desse mal de forma atualizada?

A comparação com as ideologias supremacistas do século passado pode parecer exagerada para alguns, e não são raros os casos em que o exagero de fato toma conta, mas como já observado, a idealização utópica de que por algum motivo o presente se faz imune a certas barbáries não resiste a evidência empírica, e se

existe a possibilidade de algum antídoto possível, é de justamente saber identificar os verdadeiros problemas por aquilo que são de fato. É plenamente observável que o desaparecimento das ideias supremacistas que embasaram o projeto imperialista de Hitler nunca ocorreu propriamente; no seio da sociedade norte-americana a questão racial, que hoje está no centro dos protestos em torno das legítimas reivindicações da comunidade negra por justiça a George Floyd (que foi covardemente assassinado) e por processos de mudança que busquem evitar que casos semelhantes ocorram, sempre fomentou uma atmosfera de tensão que chegou a resultar em atrocidades institucionalizadas que ocorreram há menos de um século. Os exemplos são variados, e vão desde a desigualdade e da violência policial decorrente desses problemas às políticas de segregação racial que vigoraram até a década de 1960. Nesse contexto, não seria surpreendente a presença de grupos declaradamente defensores de uma política de segregação racial que busca realizar muito daquilo que foi propagado pelos ideólogos do nazifascismo nos meados do século XX.

Mas além da presença marginal de grupos terroristas como a Ku Klux Klan4, que tem uma longa história de influência nos EUA, essas ideologias hoje vigoram no mais alto escalão do debate público contemporâneo e, com o advento da internet, passaram a ganhar popularidade entre grupos dos mais variados perfis, o que,
inclusive, refletiu diretamente nas eleições norte-americanas de 2016. O fenômeno do ressurgimento do tribalismo e do identitarismo reacionário não é exclusivo da experiência estadunidense, muitos dos anseios que motivaram a campanha pelo Brexit5 no Reino Unido, que teve o referendo ocorrido também em 2016, foram cooptados pela narrativa de uma extrema direita ascendente. A correlação dos acontecimentos é atestada pelos próprios representantes de tais grupos, como afirmou Nigel Farage, conhecido militante da causa do Brexit e ex-líder do UKIP
(Partido pela Independência do Reino Unido) em debate organizado pelo Wall Street News: “Essa revolução de 2016 é algo que será estudado por séculos adiante, porque algo aconteceu em 2016 e o foi o renascimento do conceito de Estado nacional. E por décadas, o que vinham tentando fazer era construir novas forças artificiais de estruturas supra-nacionais”.6 A retórica contrária aquilo que é chamado por esses grupos de globalismo é um dos elementos basilares das teorias da conspiração que são comuns a esses movimentos. Não muito distante da situação brasileira em que, movido pela influência do ideólogo populista Olavo de Carvalho, há ocupando a cadeira do Ministério das Relações Exteriores um homem que diz que tem como objetivo “ajudar o Brasil e o mundo a se libertarem da ideologia globalista.”7

Se engana quem acredita que por detrás dessa agenda política reside um mero desapreço pelos processos de globalização e integração que passaram a ocorrer de forma mais efetiva desde a década 1990. Os pressupostos ideológicos que fomentam a ascensão e a força da nova direita populista tem, sobretudo, um pano de fundo de forte apelo a questão nativista e supremacista que é característico dos movimentos neonazistas contemporâneos. O ataque implacável as agendas universalistas são sobretudo instrumentalizadas e se relacionam com anseios mais obscuros.

Como já alertava Popper ao analisar os fundamentos ideológicos do totalitarismo de seu tempo, “de acordo com as modernas doutrinas totalitárias, o Estado como tal não é o fim mais elevado. Este é, antes, o Sangue, e o Povo, a raça. As raças superiores têm o poder de criar Estados. O mais elevado alvo de uma raça ou nação é formar um Estado poderoso, que possa servir como potente instrumento de sua auto-preservação.”8 A obsessão com o discurso isolacionista, a pauta
anti-imigratória, a rejeição ao multilateralismo, a retórica revolucionária e antiliberal que são características do novo “populismo conservador” convergem precisamente em uma ideia muito restrita do que o conceito de Estado nação representa.

O alinhamento do nacionalismo presente na ascensão desses atores políticos de forma conveniente tem sido associado com a propagação declarada de grupos explicitamente racistas e defensores de políticas de segregação. Não é, portanto, de se espantar que uma figura como David Duke, (um conhecido supremacista branco
ligado a KKK) elogia publicamente Jair Bolsonaro9, ou que o mesmo atribuía a vitória de Donald Trump a um momento de triunfo da sua agenda supremacista, como afirmou em entrevista ao El País: “nos identificamos com Trump, não especificamente pelo homem, mas pelo significado, os princípios”.10 A existência de radicais como Duke e seus discípulos, como apontado, nunca foi uma surpresa, o que espanta, todavia, é justamente a ascensão e a legitimação da mentalidade que sustenta essas narrativas a ponto de alterar significativamente o cenário político e transformar muitos dos pressupostos dessas aberrações ideológicas em algo popularizado e ativamente compartilhado por jovens no seio das redes sociais. É nesse sentido que se caracteriza a nova face do tribalismo da ideologia supremacista, que hoje ganha espaço inclusive até mesmo no interior dos dilemas políticos brasileiros.

A alt-right, ou direita alternativa, expressa de forma clara a representação dessa banalização que tem ocorrido frente a escalada cada vez mais evidente de
ideologias sombrias ao redor do mundo. A alcunha é atribuída a um movimento de extrema direita originário dos EUA e que se caracteriza por um certo padrão de militância virtual, bem como por uma rejeição às tradições conservadoras tradicionais. Além disso, a direita alternativa tem nas suas raízes uma ligação direta com a defesa de pautas supremacistas e associadas a grupos neonazistas. É o que fica evidente nos discursos e agendas dos principais nomes associados ao grupo, como no caso de Richard Spencer, criador do termo alternative right, presidente do National Policy Institute, e uma das referências do movimento, que afirma categoricamente que sua meta de vida é “criar uma consciência entre
europeus-americanos.”11

Essa “consciência racial” estaria intimamente ligada à defesa de uma ordem social organizada por fatores étnicos, como defende Jared Taylor, um dos principais
ideólogos do neonazismo estadunidense e uma das “referências intelectuais” da direita alternativa. Taylor defende em seu livro White Identity que a miscigenação e o convívio entre as diferentes etnias é a fonte de problemas sociais da sociedade norte-americana. Mais ainda, ele ousa afirmar que algumas etnias estariam mais propensas a apresentarem certos tipos de comportamento social desviante que outras, o que faria do convívio entre todas as “raças” algo ainda mais negativo.12

Taylor não apenas é um defensor assumido de teses supremacistas, como já descreveu em texto para o seu site American Renaissance, que a direita alternativa seria propriamente o surgimento de um movimento político que resgata a consciência de raça que teria sido abandonada pelos conservadores tradicionais.13 A consequência lógica e radicalizada resulta na defesa expressiva de um Estado étnico como modelo ideal de concretização da nação, o que explica a convergência expressiva com a agenda da extrema direita populista e sua plataforma nacionalista.

A retórica antiglobalista, o nacionalismo radical e a defesa de valores idílicos de um passado tido como glorioso acabam por estabelecer a tônica desses movimentos que possuem na raiz de suas ideologias a apologia de uma sociedade sectária e racialista.

Um dos maiores erros entorno das principais análises a respeito do surgimento “repentino” dessas forças políticas retorna novamente à ingenuidade cínica movida por convicções utópicas de que certos horrores podem ser definitivamente superados e de que os males que já foram presenciados não estão presentes na nossa realidade. Essa crença ilusória no progresso moral e político acaba se tornando um meio de fragilidade da sensibilidade contemporânea de conseguir
identificar seus próprios problemas. Males morais fazem parte da conduta humana e por mais que hajam avanços, eles são limitados e não absolutos. Entender essa realidade consiste em buscar compreender as fontes dos males dos nossos tempos a partir do contexto em que tais residem. O avanço da extrema direita que hoje espanta as elites políticas e intelectuais de grandes democracias não é de maneira alguma um fenômeno inconcebível em termos de possibilidade, menos ainda recente. A própria experiência totalitária do século XX não foi produto do nada, nem se quer representou uma espécie de contradição em termos históricos; no sentido de que, antes tudo, tais males foram produtos de vícios da própria modernidade e se apropriaram de tradições e elementos que já existiam na sociedade europeia naquele tempo.

O nazismo não produziu o antissemitismo, da mesma maneira que a nova direita não se constrói sem dialogar com demandas concretas da realidade vigente. Sua ascensão se quer pode ser traçada como ligeiramente recente, mas como um produto direto de certas contradições da ordem liberal globalizada que é ostensivamente apoiada por um centro democrático que por vezes peca em não conseguir lidar com essas contradições. Esse diagnóstico já foi percebido por Gray em ensaio escrito em 2002. no qual discutia a respeito de certos horrores paridos pela modernidade. Comentando sobre o surgimento da extrema direita europeia já naquele momento, Gray afirma: “o que eles têm em comum é que eles usam o deslocamento social produzido pelo livre mercado, o atual bastião da modernização, como combustível para uma nova política de identidade”.14

A identificação das mudanças sociais e do ethos produzido pela nova ordem globalizada como um dos principais elementos de explicação dessa guinada atual, questiona o utopismo liberal, que para Gray é, igual ao marxismo, uma religião política advinda do mito do progresso iluminista. Ancorado em um ideal de modernização ilimitada, essa nova utopia contemporânea, falha em termos de compreensão de certos elementos das relações sociais em torno de sentimentos mais básicos como o pertencimento comunitário e acaba demandando um desconstrutivismo que, em última instância, se torna preenchido pelos discursos
inflamados de radicais que questionam essa nova realidade. Isso sem contar fatores eminentemente econômicos que tocam em questões relacionadas a mudanças abruptas que afetam diretamente setores da sociedade, inclusive nos países mais avantajados. E não é preciso ser antiglobalização ou contra a economia de mercado para compreender essas imperfeições, não se trata de uma crítica dependentista ou neomarxista. Se refere a uma percepção de como mesmo os mais evidentes avanços em termos econômicos, tecnológicos e científicos não necessariamente
levam a um cenário de perfeição social e moral, às vezes pode ser até mesmo um dos fatores de crescimento de sérios problemas.

A construção do avanço do radicalismo crescente como resposta às desesperanças contemporâneas terminam por articular vícios antigos que permanecem como fantasmas comuns aos tempos atuais, da mesma maneira que Hitler se apropriou da linguagem viciosa do anti-semitismo, os vícios da direita populista contemporânea também fazem parte de uma linguagem que é incorporada, reconhecida e que reflete uma longa tradição de males morais que evidenciam. nos termos de Gray, “o lado sombrio da modernidade”.. É como analisa com brilhantismo o autor ao apontar que as propostas desses atores políticos que pregam a construção de um inimigo em comum (muitas das vezes incorporado na figura do imigrante), como resposta para os problemas sociais, se torna suscetível pela existência das “tradições europeias profundamente arraigadas ao racismo e a xenofobia”.15

Os males políticos de nosso tempo hoje se demonstram cada vez mais fortes e capazes de se adaptar às mais variadas realidade, em tempo que articula uma
linguagem de aparência palatável, popular e de fácil adesão a projetos de massa. Não apenas a Europa tem vivenciado o surgimento da ascensão de forças políticas que empregam uma linguagem totalitária, mas é no exemplo mais emblemático das experiências democráticas que os fantasmas do tribalismo ganham contorno cada vez mais pop. Não obstante, a realidade brasileira não se afasta dessa tendência, mas ao contrário, foi capaz de criar uma mimese fidedigna que, em tempos de
peste, não se contenta em apenas representar nos seus discursos o que há de mais sórdido e equivocado, promove, para além, uma política sistemática de banalização da morte e de negação da sacralidade da vida. Os males políticos dos nossos tempos são os mais variados, alguns dois quais eu sequer citei aqui, mas além do populismo barato que hoje manifesta o espírito tribalista do século XX, os resultados diretos dessa onda no contexto brasileiro não precisam ser concretizados na aplicação de um futuro golpe ou coisas do gênero, ele já se reflete na política oficial da peste e em um espírito de servidão que corrói o caráter de seus adeptos e resulta na expressão exata de uma atmosfera necropolítica.16

Não é a pretensão deste ensaio tentar resolver o problema do mal em política, muito provavelmente seria tola tal empreitada. O propósito é, acima de tudo, fornecer uma reflexão acerca justamente da permanência constante dessa realidade. A tradição cristã é enfática em afirmar que o caminho inevitável para a redenção e, portanto, para a capacidade de expurgo do mal, passa pelo reconhecimento da culpa. Só existe uma maneira de termos a capacidade de articular uma resposta aos males morais que afligem o cotidiano contemporâneo; não passa por nenhum “duro acerto de contas”, mas é através do reconhecimento de que esses males estão sempre a porta e que muitos deles são produtos direto dos nosso tempo e de nossos vícios pessoais. Os radicalismos de esquerda e de direita, o terrorismo fundamentalista, a corrupção, as desigualdades e as utopias ilusórias, para além de representarem a presença do trágico na nossa realidade, representam propriamente o que significa ser moderno. Que a consciência moderna de pretensa pureza moral e intelectual não nos impeça, contudo, de percebermos os males que nos assolam.

Referências:
1 GRAY, John N. Heresies: against progress and other illusions. UK: Granta UK, 2004, p. 8.
2 ARENDT, Hannah. Eichmann em Jerusalém: um relato sobre a banalidade do mal. São Paulo: Companhia das Letras, 1999, p. 242.
3 BURKE, Edmund. Reflexões Sobre a Revolução na França. São Paulo: Vide Editorial, 2017, p. 131.
4 Conjunto de três grupos reacionários originários dos EUA historicamente conhecidos pela defesa da supremacia branca e adeptos de práticas terroristas contra minorías étnicas e religiosas.
5 Referendo realizado no Reino Unido que deliberou no rompimento com a União Europeia
6 Declaração de Nigel Farage em um debate na University of Marylande, em Whasington DC, em Abril de 2018.
7 ARAÚJO – Ernesto – About Me – https://www.metapoliticabrasil.com/about – acesso em: 04 de Junho de 2020.
8 POPPER, Sir Karl R. A Sociedade Aberta e Seus Inimigos: volume 2. Belo Horizonte: ed. Itatiaia, 1974, p. 70.
9 IFANTE – Larissa – “Não estou apoiando Bolsonaro, apenas disse que gosto dele”, diz ex-líder da Ku Klux Klan –
h ttps://epoca.globo.com/nao-estou-apoiando-bolsonaro-apenas-disse-que-gosto-dele-diz-ex-lider-da- k u-klux-klan-23184362 – acesso em: 04 de Junho de 2020.
10 FAUS – Joan – David Duke, ex-líder da Ku Klux Klan: “Trump nos empoderou” –
h ttps://brasil.elpais.com/brasil/2017/08/19/internacional/1503174397_882413.html – acesso em: 04 de Junho de 2020.
11 LISSARDY – Gerardo – ‘Foi um momento de ironia’: líder supremacista branco explica saudação de ‘Hail, Trump’ a presidente eleito dos EUA – https://www.bbc.com/portuguese/internacional-38091016 – acesso em; 24 de Junho de 2018.
12 TAYLOR, Jared. White Identity: Racial Consciousness in the 21st Century. EUA. New Century Books, 2011, p. 65.
13 TAYLOR – Jared – What is the Alt-Right? –
h ttps://www.amren.com/news/2016/10/what-is-the-alt-right-jared-taylor/ – acesso em: 28 de Junho de 2018.
14 GRAY, John N. The Dark Side of Modernity: europe’s new far right. In: GRAY, John N. Heresies: against progress and other illusions. Against Progress and Other Illusions. Uk: Granta Uk, 2004. Cap. 20. p. 133.
15 GRAY, John N. The Dark Side of Modernity: europe’s new far right. In: GRAY, John N. Heresies: against progress and other illusions. Against Progress and Other Illusions. Uk: Granta Uk, 2004. Cap. 20. p. 135
16 Conceito desenvolvido por Achille Mbembe (2018), que consiste na definição do exercício da soberania e do poder do Estado como o direito de escolher deliberadamente quem deve morrer – uma política da morte, portanto.

Bibliografia

GRAY, John N. Heresies: against progress and other illusions. UK: Granta UK, 2004.

ARENDT, Hannah. Eichmann em Jerusalém: um relato sobre a banalidade do mal. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

BURKE, Edmund. Reflexões Sobre a Revolução na França. São Paulo: Vide Editorial, 2017.

POPPER, Sir Karl R. A Sociedade Aberta e Seus Inimigos: volume 2. Belo Horizonte: ed. Itatiaia, 1974.

TAYLOR, Jared. White Identity: Racial Consciousness in the 21st Century. EUA. New Century Books, 2011.

MBEMBE, Achille. Necropolítica. São Paulo: N-1 Edições, 2018.

Este post tem 166 comentários

  1. Texas Land, Ranch & Luxury Sales Homes and homesites at Governors Club are complemented by stunning views of our award-winning golf course, tranquil streams, old-growth woods and lakes, creating a sense of privacy and serenity only found within our gates. Texas Ranches and Land for Sale Exceptional custom built home. Everywhere you look you will be impressed with the quality and details.2 stone fireplaces. Privacy. lower level has it’s onw fireplace, bathroom, rec room, bedroom living room. Main level has master bedroom with amazing tile work in the spacious shower. Top of the line appliances and woodworking. Views. 6 car garage with a heated workshop above. There is even a small cabin in the woods.Currently having some plumbing work done. Contact Kevin Kling to learn more about representation for buyers and sellers. Looking to sell your Daytona Beach area land? Visit our market analysis page to receive a free property evaluation within moments! https://femida-isv.com/forum/profile/ariel7352588270/ HCR financed projects that may currently be accepting applications for vacancies or waiting lists. © 2021 Toll Brothers Inc. All Rights Reserved. Supplement your leasing office hours and automate property tours with Rently’s patented self-touring technology. © 2021 Greystar Worldwide, LLC For listings in Canada, the trademarks REALTORВ®, REALTORSВ®, and the REALTORВ® logo are controlled by The Canadian Real Estate Association (CREA) and identify real estate professionals who are members of CREA. The trademarks MLSВ®, Multiple Listing ServiceВ® and the associated logos are owned by CREA and identify the quality of services provided by real estate professionals who are members of CREA. Used under license. You are about to start a new search in 0″>Sign Up Now!Search the largest affordable housing listings network in the country, save your favorite properties and search criteria, plus, connect directly with property owners…all in one place.

  2. swinging couple sex games
    [url=”https://sex4games.com/?”]wwe sex games[/url]
    sex scenes in video games

  3. Сладкие оргазмы чешских девушек от бурного секса Снял порнуху с разговорами, трахая шатенку в рот и бритую письку Секс от мужа сестры Популярные Запросы Секс в маске с двумя телочками голыми Секс в маске с двумя телочками голыми «:kissing:» Домашнее порно секса парня с любимой женой с красивой попой Популярные Теги Секс с блондинистой сучкой в очках Русская сексвайф ебется с любовником на квартире и снимает порево для мужа Сладкие оргазмы чешских девушек от бурного секса Популярные фильтры Зрелая мачеха спровоцировала молодого пасынка на секс 18-летняя с косичками выебана раком крупным планом у стены Популярные фильтры Сладкие оргазмы чешских девушек от бурного секса Предложил русской девушке подвести ее и сразу дал понять, что хочет секса! © 2009 – 2018 ПОРНО РУСЬ ТВ Зрелая мачеха спровоцировала молодого пасынка на секс https://consultmylife.com/community/profile/emeryg24992180/ Если парень не может выйти из дома из-за стояка, ему поможет быстрый минет Сладкая блондинка делает минет другу и принимает свежую сперму на лицо Скачать это порно бесплатно: Любимая соска делает минет перед камерой телефона Вы станете гуру минета, когда искренне полюбите его. А это, на самом деле, очень просто: ведь так круто полностью контролировать чьё-то удовольствие. Минет Любительское Хардкор Японский  Любимая соска делает минет перед камерой телефона Отдалась мужу в письку на Новый Год вместо подарка Бритни Эмбер в приватном видео делает минет бойфренду Анкет :716627Новых: 7764Онлайн: 8789 Представь себе круговую спираль и попробуй повторить эти движения на пенисе. Круговыми движениями опускайся с верха до самого основания пениса и обратно. Таким способом получается и техника королевского минета. Стимуляция эрегированного органа происходит не только губами и языком, но и гортанью.

  4. lesbian sex video games
    [url=”https://cybersexgames.net/?”]young sex games[/url]
    3d hentai sex games

  5. You are my breathing in, I own few blogs and sometimes run out from to post : (.

  6. website that writes essays
    [url=”https://essayprepworkshop.com/?”]topics to write about for an essay[/url]
    how to write a college essay

  7. help writing a essay
    [url=”https://multiessay.com/?”]writing persuasive essay[/url]
    essays on writing

  8. Buy Amoxicillin Children

  9. Некероване кохання 14 серія Некероване кохання 14 серія
    yunb ddnznz Смотреть онлайн сериал Некероване кохання / Любовь без тормозов 14 серия
    Некероване кохання / Любовь без тормозов: 1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11,12,13,14,15,16 СЕРИЯ (украина)

  10. Thank you for the good writeup. It in fact was a amusement account it.

    Look advanced to far added agreeable from you! However,
    how can we communicate?

  11. The other day, while I was at work, my sister stole my iphone and tested to see if it can survive
    a forty foot drop, just so she can be a youtube sensation. My iPad is now
    destroyed and she has 83 views. I know this is entirely off topic
    but I had to share it with someone!

  12. An interesting discussion
    is worth comment. I think that you ought to write more on this subject matter,
    it may not be a taboo subject but usually folks don’t talk
    about
    such issues. To the next!
    Best wishes!!

  13. With havin so much content do you ever run into any problems of plagorism or copyright
    violation? My site has a lot of exclusive
    content I’ve either written myself or outsourced but it seems a lot
    of it is popping it up all over the web without my permission. Do you know any solutions to help protect against content from being stolen? I’d definitely appreciate it.

  14. Will Propecia Regrow Hair

  15. Cialis 5 Mg Forum

  16. levitra 10 mg

  17. Thanks for the marvelous posting! I truly enjoyed reading it, you might be a
    great author.I will remember to bookmark your blog and will come back
    in the future. I want to encourage that
    you continue your great posts, have a nice afternoon! scoliosis surgery https://coub.com/stories/962966-scoliosis-surgery scoliosis surgery

  18. Hello There. I found your blog using msn. This is an extremely
    well written article. I’ll make sure to bookmark it and come back to read more
    of your useful information. Thanks for the post. I will certainly return. ps4
    https://tinyurl.com/45xtc52b ps4 games

  19. I think that is among the most significant
    info for me. And i am satisfied reading your article.
    But should observation on some common issues, The website style is ideal, the articles is actually nice :
    D. Good task, cheers cheap flights http://1704milesapart.tumblr.com/ cheap flights

  20. Every weekend i used to go to see this web page, as i wish for enjoyment,
    for the reason that this this web site conations really pleasant funny material too.
    scoliosis surgery https://0401mm.tumblr.com/ scoliosis
    surgery

  21. gay dating sites for over 50
    dating sites for gay men
    [url=”http://gayonlinedating.net?”]gay+horse+dating[/url]

  22. Is Amoxicillin An Antibiotic

  23. Generic Levitra No Prescription

  24. alex waters gay dating florida
    gay canadian dating
    [url=”gayonlinedating.net?”]gay midget dating[/url]

  25. Karasahr Medication

  26. Hmm it appears like your site ate my first comment (it
    was super long) so I guess I’ll just sum it up what I submitted and say, I’m thoroughly enjoying
    your blog. I as well am an aspiring blog writer but I’m still new to everything.

    Do you have any tips for newbie blog writers? I’d genuinely appreciate it.

  27. I constantly emailed this web site post page to all my friends, for the reason that if like
    to read it next my contacts will too.

  28. Lioresal Vente 10mg

  29. interracial gay dating sits
    gay dating video
    [url=”http://gaychatgay.com?”]new to gay dating[/url]

  30. Great post. I was checking continuously this blog and I am impressed!
    Very helpful information specially the last part :
    ) I care for such information much. I was looking for this certain info for a long
    time. Thank you and best of luck.

  31. My brother recommended I would possibly like this web site.

    He was totally right. This put up actually made my day. You can not believe just how much time I had spent for
    this information! Thank you!

  32. coffee meets bagel gay dating
    gay orc dating simulator
    [url=”http://gaychatgay.com?”]jonas reeder gay dating[/url]

  33. Its like you read my mind! You appear to know a lot about
    this, like you wrote the book in it or something. I think that
    you can do with a few pics to drive the message home a little
    bit, but instead of that, this is excellent blog. A great read.
    I will certainly be back.

  34. Every weekend i used to visit this website, because i wish for enjoyment,
    since this this website conations actually pleasant funny stuff too.

  35. You actually make it appear really easy together with your presentation however I find this topic to be really
    one thing which I feel I would by no means understand.
    It sort of feels too complex and extremely extensive for me.
    I’m taking a look ahead to your next post, I will attempt to get the cling of it!

  36. Hi there! This blog post couldn’t be written any better!
    Looking at this post reminds me of my previous roommate!

    He continually kept preaching about this. I am going to forward
    this information to him. Fairly certain he will have a very good
    read. I appreciate you for sharing!

  37. gay dating italian mem
    gay teen dating age gap
    [url=”http://gaydatingzz.com?”]newest gay dating sites[/url]

  38. gay online dating subculture
    gay snapchat dating
    [url=”http://freegaychatnew.com?”]gay chicago dating sites[/url]

  39. you’re in reality a good webmaster. The website loading velocity is amazing.
    It kind of feels that you’re doing any unique trick. In addition, The contents are masterwork.
    you have performed a magnificent task on this topic!

    Also visit my blog: Follipur Reviews

  40. I like the valuable info you provide in your articles. I’ll bookmark your blog and check
    again here frequently. I am quite sure I will learn lots of new
    stuff right here! Best of luck for the next!

    Here is my webpage: http://www.bao10jie.com

  41. Next time I read a blog, I hope that it does not fail me just as much as this one.
    After all, Yes, it was my choice to read through, however I genuinely believed
    you would have something interesting to talk about.
    All I hear is a bunch of moaning about something you could fix
    if you weren’t too busy looking for attention.

    Feel free to surf to my blog post – Phincat

  42. Hello.This article was really motivating, particularly since I was searching for thoughts
    on this issue last Friday.

    Feel free to surf to my homepage :: Flow Zone Pills

  43. Thanks for finally talking about > O retorno do tribalismo: A nova face da extrema direita e o problema do mal na politica- Victor Oliveira – Neoiluminismo < Liked it!

    Take a look at my web site :: Paramore Cream

  44. the dating list online free
    [url=”http://onlinedatinglook.com/?”]sample dating profiles for women[/url]

  45. No matter if some one searches for his necessary thing, so he/she needs to be available that in detail,
    therefore that thing is maintained over here.

  46. Good ? I should certainly pronounce, impressed with your web site.

    I had no trouble navigating through all the tabs as well as related information ended up being truly simple to do to access.
    I recently found what I hoped for before you know it in the
    least. Quite unusual. Is likely to appreciate it for those who add forums
    or anything, website theme . a tones way for your client
    to communicate. Nice task.

    my web site … Solvolt

  47. Write more, thats all I have to say. Literally, it seems as though
    you relied on the video to make your point. You clearly know what youre talking about, why throw away your intelligence on just posting videos to your site when you could be giving us something informative
    to read?

    Feel free to surf to my page; http://clubfadoqbedford.ca/wp-content/plugins/zingiri-forum/mybb/member.php?action=profile&uid=942961

  48. Usually I do not learn post on blogs, however I
    wish to say that this write-up very compelled me
    to try and do it! Your writing style has been surprised me.
    Thank you, very nice article.

    Feel free to surf to my homepage … Testo Fit Extreme Reviews

  49. Hello to every body, it’s my first pay a quick visit of this web site;
    this blog carries amazing and really fine material in support of visitors.

    Have a look at my page – Ice Box Air Cooler

  50. Hey there are using WordPress for your blog platform?

    I’m new to the blog world but I’m trying to get started and set up my own. Do you need any html coding knowledge to make your own blog?
    Any help would be greatly appreciated!

    Look at my blog: Helio Pure CBD

  51. Hi my friend! I wish to say that this post is awesome, nice written and include approximately all important infos.
    I would like to look more posts like this .

  52. Thank you for some other great article. The place else could anybody get that kind of information in such an ideal
    manner of writing? I’ve a presentation subsequent week, and I’m at the look for such info.

    Here is my webpage – Keto Premium Shot

  53. Thank you for another great post. The place else could anybody get that
    kind of information in such a perfect approach of writing?
    I’ve a presentation next week, and I am at the look for such info.

    Check out my webpage :: Keto Premium Shot Pills

  54. I absolutely love your blog and find the
    majority of your post’s to be exactly what I’m looking for.
    Do you offer guest writers to write content for you?
    I wouldn’t mind producing a post or elaborating on a
    few of the subjects you write in relation to here. Again, awesome blog!

    My webpage :: Keto Vibe

  55. Oh my goodness! Incredible article dude! Thanks, However I am having problems with your RSS.

    I don?t know why I can’t join it. Is there anybody getting identical RSS problems?

    Anybody who knows the answer can you kindly respond?
    Thanx!!

    my blog post; http://www.dzzksd.com

  56. Thank you for the good writeup. It in fact was a amusement account it.
    Look advanced to far added agreeable from you! By the way, how could we communicate?

    Also visit my site MetaboFix

  57. Keep up the fantastic piece of work, I read few articles on this website and I believe that your web site is very interesting and
    holds bands of wonderful information.

    Feel free to visit my webpage: Breeze Tech Review

  58. Definitely, what a magnificent blog and illuminating posts,
    I definitely will bookmark your site.All the Best!

    Look at my web page: mpc-install.com

  59. This post will help the internet users for building up new website or even a blog from start to end.

    my web page … mpc-install.com

  60. Good day! This is my first visit to your blog! We
    are a team of volunteers and starting a new initiative in a community in the same niche.

    Your blog provided us useful information to work on. You have done a wonderful job!

  61. I don’t even know how I ended up right here, however I assumed this submit was once great.
    I do not realize who you are but definitely you are going to a famous blogger in the event you are not already 😉 Cheers!

    Feel free to surf to my blog post – http://www.anapapansion.ru

  62. I have been surfing online more than 3 hours these days, but I
    never discovered any fascinating article like yours.
    It is pretty value sufficient for me. Personally, if all site owners and bloggers made
    excellent content as you probably did, the internet shall be much more useful than ever before.

    Also visit my site :: http://www.lubertsi.net

  63. Write more, thats all I have to say. Literally, it seems as though you relied on the
    video to make your point. You definitely know what youre talking about, why throw away your
    intelligence on just posting videos to your
    weblog when you could be giving us something enlightening to read?

    Also visit my website – duna-anapa.net.ru

  64. I needed to thank you for this fantastic
    read!! I definitely loved every little bit of it. I’ve got
    you book-marked to look at new stuff you post?

    Review my blog post :: http://www.cruzenews.com

  65. thank you for all your efforts that you have put in this.
    Very interesting info.

    Stop by my web blog chengdian.cc

  66. I think this web site contains some really wonderful info for
    everyone :D.

    Also visit my web site shihan.com.ru

  67. Way cool! Some very valid points! I appreciate
    you writing this article and also the rest of the website is really good.

    Also visit my website: https://kebe.top/

  68. I’m gone to convey my little brother, that he should also go
    to see this blog on regular basis to obtain updated from most recent news update.

    Here is my website: http://khoquet.com

  69. This design is steller! You certainly know how to keep a reader
    amused. Between your wit and your videos, I was
    almost moved to start my own blog (well, almost…HaHa!)
    Great job. I really enjoyed what you had to say, and more than that, how you
    presented it. Too cool!

    Here is my webpage: http://www.lubertsi.net

  70. Good write-up, I am normal visitor of one’s website, maintain up the nice operate, and It’s going
    to be a regular visitor for a lengthy time.

    Feel free to visit my webpage: https://mpc-install.com/

  71. I do not even know how I ended up here, but I thought this post was good.

    I don’t know who you are but certainly you are going to a famous blogger if you are not already 😉 Cheers!

    My web page: http://kannikar.com

  72. Unquestionably believe that which you stated. Your favorite justification appeared to be at the web the easiest thing to
    remember of. I say to you, I definitely get irked while people think about worries that they plainly don’t recognize about.
    You managed to hit the nail upon the top as smartly as defined out the whole thing without having side effect
    , other folks could take a signal. Will probably be
    again to get more. Thank you

    Here is my page bbs.yunweishidai.com

  73. Nice weblog here! Additionally your site lots up fast!
    What web host are you using? Can I am getting your associate
    link to your host? I wish my site loaded up as fast as yours lol

    My blog post: http://www.craksracing.com

  74. You made some decent points there. I looked on the internet for the subject and found most individuals will go along with with your
    site.

    Here is my page :: blog.21mould.net

  75. Nice weblog right here! Also your web site loads up
    very fast! What host are you the use of? Can I get your affiliate hyperlink for your
    host? I wish my website loaded up as fast as yours lol.

    my blog post :: kebe.top

  76. Hello there, You’ve done a fantastic job. I will certainly digg it and personally recommend to my friends.
    I am sure they’ll be benefited from this web site.

    My blog :: clubriders.men

  77. thank you for all your efforts that you have put in this.
    Very interesting info.

    Feel free to visit my web-site – clubriders.men

  78. This internet site is my inhalation, rattling excellent
    pattern and Perfect written content.

    Look at my webpage: mpc-install.com

  79. Hi there friends, good paragraph and fastidious urging commented at this
    place, I am in fact enjoying by these.

    Also visit my webpage mpc-install.com

  80. Its like you read my mind! You seem to know so much about this, like you wrote the book
    in it or something. I think that you can do with some pics to drive the message home a little bit, but instead of that,
    this is excellent blog. A fantastic read. I’ll certainly be back.

    Feel free to visit my blog post: kebe.top

  81. My family members all the time say that I am wasting my time
    here at net, except I know I am getting know-how every day by reading thes good articles.

    Visit my web-site – Rudy

  82. Its like you read my mind! You seem to know a lot about this, like you wrote the book in it or something.
    I think that you can do with some pics to drive the message home a bit, but other than that, this
    is great blog. A fantastic read. I will certainly be back.

    Feel free to visit my page: https://kebe.top/

  83. hello!,I love your writing very a lot! share we be in contact extra about your post
    on AOL? I need an expert in this house to resolve my problem.
    Maybe that is you! Having a look forward to look you.

    Look into my blog … https://mpc-install.com/

  84. We’re a gaggle of volunteers and starting a
    brand new scheme in our community. Your site provided us with helpful info to work
    on. You have performed a formidable activity and our whole neighborhood shall be thankful to you.

    Feel free to surf to my blog post: Diego

  85. Thanks for finally writing about > O retorno do tribalismo:
    A nova face da extrema direita e o problema do mal na politica- Victor Oliveira – Neoiluminismo < Loved it!

    Feel free to surf to my website: http://www.social-work.ipt.pw

  86. I love what you guys tend to be up too. This sort of clever work
    and reporting! Keep up the good works guys I’ve added you guys to my blogroll.

  87. I just like the valuable info you provide in your articles.
    I will bookmark your weblog and test once more here frequently.

    I am rather sure I’ll learn many new stuff right here!
    Good luck for the following!

    my web blog :: mpc-install.com

  88. obviously like your web site however you have to test
    the spelling on quite a few of your posts. Many of them are rife with
    spelling issues and I find it very troublesome to inform the reality on the other
    hand I’ll surely come again again.

    Feel free to visit my blog malaysia online casino slot

  89. Hi there, I check your blog regularly. Your writing style is
    witty, keep up the good work!

  90. When I originally commented I appear to have clicked the -Notify me when new
    comments are added- checkbox and now whenever a comment is added I recieve four emails with
    the exact same comment. There has to be an easy method you
    are able to remove me from that service? Thanks a lot!

    my web site; aaa1188 download

  91. Hi! I simply wish to offer you a big thumbs up for your great
    info you’ve got here on this post. I will be returning to
    your site for more soon.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Top