Kant e a legitimidade do Estado

Kant e a legitimidade do Estado

INTRODUÇÃO

Uma das posições mais aprofundadas acerca da legitimidade de um tipo de Estado, e acerca de quais funções tal instituição deve cumprir na sociedade, é a do filósofo alemão Immanuel Kant (1724–1804). Em sua obra Metafísica dos Costumes (1797), Kant articula uma teoria do Estado que dialoga e expõe os problemas de posições contratualistas prévias, como as de Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau. No decorrer da discussão do livro, são explicitadas as condições do estado de natureza, e é demonstrada a necessidade de uma condição civil na forma de um tipo de Estado, para que exista a consistência da prática do direito para com os princípios éticos que fundamentam o próprio direito.

INTERLÚDIO — OS 3 PODERES

Kant, em sua articulação da teoria do Estado, faz uso de um ferramental que hoje podemos identificar como duas concepções típicas do Estado: sociológica e legalista. A concepção sociológica do Estado pode ser associada à definição de Max Weber (1864–1920), de que o Estado é uma organização que — de forma bem-sucedida — adquire o monopólio do uso legítimo da força em um determinado território. Já a concepção legalista é expressada no linguajar moderno por Hans Kelsen (1881–1973), que estabelece o Estado como um sistema legal, dentro do qual certos órgãos — cujas respectivas funções refletem uma divisão de trabalho — concorrem para a criação e aplicação das normas que formam tal sistema legal. Kant, em sua teoria, usa a concepção sociológica (a existência de uma instituição monopolizando o uso da força num determinado território) e a legalista (um corpo sistemático de leis promulgadas — afinal, o direito natural e o positivo não se contrapõem: o primeiro, na verdade, sempre quer ganhar eficácia positiva, sendo ilógico supor algo diverso) do Estado de forma subordinada à sua concepção ética do Estado: sua teoria permite expressar o aparato estatal como possibilitador de relações éticas entre pessoas, que indivíduos sozinhos ou outras formas de organização não são capazes de prover de forma consistente com os princípios éticos.

Primordial em Kant é a ideia do republicanismo como sistema ideal para o Estado, sendo este o princípio pelo qual o poder executivo é separado do legislativo. A constituição republicana, em Kant, “é uma constituição que é estabelecida, primeiro, de acordo com princípios da liberdade dos membros de uma sociedade, segundo, de acordo com princípios da dependência de todos em uma única legislação comum, e terceiro, de acordo com a lei da igualdade de todos enquanto cidadãos do Estado”. O Estado kantiano, assim como na formulação de Montesquieu, é dividido pelos três poderes: executivo, legislativo e judiciário. Tais poderes se inter-relacionam, com cada um deles tendo sua função em referência à rule of law (literalmente: império da lei), onde cada um se complementa sem usurpar a função do outro. As cortes, representantes do judiciário, devem aplicar e interpretar as leis gerais, promulgadas pelo legislativo, e o poder executivo fica encarregado da tarefa de garantir que as leis como previstas pela legislatura sejam levadas a efeito. Assim, o poder executivo tem a tarefa de supervisionar a obediência às leis, ao invés de meramente manter-se inativo até que as leis sejam determinadas pelo trabalho dos juízes. Tal divisão de poderes do Estado é, essencialmente, uma visão unificada dos três poderes e difere de Montesquieu nos seguintes aspectos: ao invés de uma visão de freios e contrapesos como a do filósofo francês, Kant concebe as ramificações dos poderes do Estado como partes integradas e complementares de um todo funcional, como as proposições de um silogismo qualquer, para usar uma das analogias do filósofo alemão. O que importa, para Immanuel Kant, portanto, é o funcionamento conjunto desses poderes, que promove o bem-estar do Estado, isto é, uma condição do Estado que “a razão dita, através de um imperativo categórico, que busquemos alcançar”.

§1

Kant, em seu princípio universal do direito, estabelece que “é correta toda ação que permite, ou cuja máxima permite, à liberdade do arbítrio de cada um, coexistir com a liberdade de todos segundo uma lei universal”. Por lei universal, Kant se refere à restrições não-arbitrárias, que, por sua vez, são entendidas como restrições simétricas (ou recíprocas) e não-contingentes. Tal princípio nos permite endereçar aqueles que são tidos como os três defeitos do estado de natureza: o problema da asseguração (garantia) das relações legais entre as pessoas; o problema da aquisição legítima de objetos como propriedade no estado de natureza; e o problema da aplicação das questões de direito no estado de natureza, que sempre se dá de forma unilateral e, portanto, inconsistente com o princípio universal do direito.

Um dos pontos mais importantes da fundamentação kantiana do Estado é o de que a ideia de um contrato originário histórico como fonte da legitimidade do Estado é algo fútil. A legitimidade ou não do Estado é completamente independente da existência ou não desse tipo de documento, ou seja, tal investigação é fútil do ponto de vista ético. Apesar de usar a linguagem contratualista para discorrer sobre aquilo que ele chama de “vontade comum” ou “vontade onilateral”, Kant enfatiza que tal conceito é algo a priori, uma ideia da razão que conecta as questões de direito com a aplicação prática destas. A própria necessidade moral de se colocar numa condição civil implica que não devemos entender o Estado a partir de uma ótica voluntarista pueril, que condiciona as questões do direito a vontades contingentes exibidas pelas pessoas. O direito é anterior a isso, e estabelece normas de força vinculativa, isto é, normas que impõem um dever aos agentes, e não uma submissão do dever à vontade exibida pelos agentes, o que igualaria o direito a imperativos hipotéticos e não a um imperativo categórico universal.

DEFEITOS FORMAIS: OU PORQUE O ESTADO É UMA INSTITUIÇÃO NECESSÁRIA DO PONTO DE VISTA DEONTOLÓGICO

Ter algo como seu é, como frisa Kant em seu postulado jurídico da razão prática, possível e conforme nosso direito inato à humanidade, além de requerer que reconheçamos os outros como possíveis apropriadores de objetos. Tal postulado nos diz: “[é] possível ter como meu qualquer objeto exterior de meu arbítrio. Ou seja: é contrária ao direito uma máxima tal que, se ela se tornasse lei, um objeto do arbítrio teria de ser, em si (objetivamente), sem dono (res nullius).” (KANT, 2013, p. 51). Essa relação legal que se dá entre indivíduos constitui uma relação onde alguém coloca todos os outros sob uma obrigação perante um objeto, isto é, o direito de propriedade privada diz respeito a um título de um certo indivíduo perante um certo objeto que coloca obrigações em todos os outros indivíduos (obrigações como “respeite o que eu decidir fazer com esse objeto”, “não o use sem a minha permissão” etc.). Porém, como é possível colocar todos sob uma obrigação de forma unilateral? A única forma consistente com a ética vai ser, evidentemente, onilateral, isto é, uma forma geral e universal, consistente com o direito inato de cada um, sendo essa força unilateral possível apenas numa condição civil, que restringe reciprocamente cada um em seu status de cidadão e de forma não-contingente, conforme a ética demanda. Não importa o quão virtuoso sejamos no estado de natureza, acabamos que não podemos emitir obrigações de forma unilateral e mantermos a consistência com a ética; sendo assim, só no estabelecimento de uma condição civil, de um Estado que abarca essa necessidade de cunho deontológico, é que temos interações que estejam de fato conforme o direito: interações juridicamente relevantes.

Enquanto o primeiro defeito assume a aquisição da propriedade, o segundo defeito aponta que, na verdade, no estado de natureza é impossível que ocorra uma aquisição legítima, isto é, uma aquisição de direito sobre objetos. O segundo problema que surge é, então, referente ao fato de que no estado de natureza toda claim (reinvindicação) para ter um objeto como sua propriedade, consiste, em última instância, numa relação unilateral de um com relação a todos — assim, sempre inconsistente com os parâmetros éticos de universalidade. Tal relação gera um regresso infinito, o qual a ética vai resolver a partir, novamente, da institucionalização da razão prática, isto é, do estabelecimento de uma vontade onilateral pública.

A necessidade de se ter como fim-em-si-mesmo, expressa na segunda formulação do imperativo categórico kantiano, exige que as pessoas defendam seus direitos e que nenhuma pessoa privada repasse a outro o julgamento, em casos de disputa, sobre o que é permitido ou não fazer; ou seja, que não condicionem suas honestidades jurídicas a outros indivíduos — já que isso acarretaria numa relação de subsunção à vontade unilateral de outrem. Se uma pessoa acha que realizou um ato estabelecendo um direito (de propriedade), essa tem o direito de defender sua reivindicação perante todos os que a contestam; no entanto, aqueles que a contestam tem o direito de defender também as suas próprias reivindicações — isto é, de persistir em sua posição enquanto contestadores, já que submeter-se a uma vontade unilateral é inconsistente com o direito inato de cada um. Cada parte envolvida na situação tem prerrogativa (que flui do direito inato) de não aceitar nenhum padrão que não seja “o que parece certo e bom” para ela. A única razão para deferir tal posição no conflito em questão, é por você não poder vencer — o que, em última instância, conta como um critério consequencialista; sendo, então, inconsistente com uma ética deontológica. Tal razão consiste no cenário formal de might makes right (lei do mais forte), tão característico do estado de natureza, ainda que este seja pacífico em suas relações, é um cenário onde a lei se iguala a força — seja essa força persuasiva, i.e., soft power, ou força física. A solução para disputas sobre direito é, portanto, novamente, a institucionalização da razão prática — uma condição civil.

Por último, no terceiro defeito formal do estado de natureza, temos o defeito da aplicação das questões de direito, consistindo numa impossibilidade modal no estado de natureza, por causa da inerente unilateralidade que reside em todas aplicações nessa condição. A razão pela qual a justiça no estado de natureza é inconsistente com a ética é que uma pessoa não pode ser vista formalmente como tendo o direito de aplicar e impor o princípio de apropriação original contra os outros sem estar sujeitando a eles uma escolha arbitrária (i.e., unilateral) ao invés de uma lei universal em sua forma (i.e., onilateral). Se uma pessoa tivesse tal direito, disso seguiria que ela poderia obrigar outros, através de sua vontade unilateral, a apropriarem-se de objetos. Aplicações desse cunho unilateral são irremediavelmente contrárias ao direito inato, suscitando portanto, da mesma forma que os defeitos prévios, a institucionalização da razão prática para que a execução desses atos de direito se deem sob o framework de uma vontade onilateral, e não mais uma mera vontade unilateral. É por isso que as relações de propriedade privada (em seu status de direito) são impossíveis no estado de natureza. Não tem razão consistente com o direito inato de cada um para que outros devam concordar com a minha escolha particular de quanto e o quê eu adquiro dos bens materiais da terra. Na verdade, aqueles que discordarem não estão sendo irracionais, muito pelo contrário, mas consistentes com seus direitos inatos a liberdade ao recusarem minhas imposições advindas de escolhas unilaterais. Esse é, em suma, o problema da aplicação das questões de direito no estado de natureza, um problema que consiste numa indeterminação ubíqua nessa condição. Finalizada a exposição dos três defeitos, agora partiremos para a explicação mais detalhada de outros pontos da teoria kantiana.

§2

A teoria lockeana da apropriação original é criticada por Kant na medida em que Locke passa de asserções meramente empíricas para conclusões na esfera do direito, tratando o trabalho como condição legitimadora de um direito que envolve a imposição unilateral de obrigações a outros indivíduos. Assim, Kant expressa que os direitos não se dão como uma relação entre um indivíduo e um objeto, mas sim como relações essencialmente intersubjetivas, isto é, relações entre pessoas. Daí, Kant vai oferecer sua própria teoria da apropriação original, que em última instância irá exigir uma vontade onilateral, isto é, que prescreva obrigações de forma não-contingente, mas sim a priori. Portanto, para o entendimento da aquisição de um objeto como propriedade (em seu sentido jurídico e não meramente empírico) de alguém, é necessário que se pense nessa aquisição como unida a tal vontade onilateral. Partindo disso, chegamos na necessidade de uma autoridade civil que sirva como reflexo dessa vontade, isto é, que esteja pautando suas ações nesse pano de fundo normativo. O Estado, dessa forma, seria um tipo de instituição que é fundamentada em suas obrigações, nas normas que em primeiro lugar exigem a sua criação. Em Kant, o Estado não tem funções paternalísticas ou obrigação de promover o bem-estar das pessoas. Cada cidadão é livre para perseguir sua concepção da felicidade e do bem, limitado apenas por leis que promovem a universalidade e a consistência das relações legais com o direito à liberdade inato de cada um. O Estado tem a obrigação de promover leis que possibilitem a busca pela felicidade de cada um sem que se impeça a busca de outrem.

A propriedade privada é central na articulação kantiana do Estado e pode ser ilustrada da seguinte forma: quando eu me aproprio de um pedaço de terra, estou efetivamente mudando os deveres de todos os outros, isto é, estou dizendo que eles não mais estão livres para usar tal terra. O objetivo de Kant é expressar que essa colocação unilateral de obrigações não pode servir como uma lei coercitiva, já que infringiria a liberdade de cada um de acordo com leis universais. Aqui, novamente, fica clara a necessidade de uma vontade onilateral que possibilite a empreitada de aquisições de propriedades, e que coloque todos, de forma igual, sob tais obrigações. A condição de estar sob tal vontade onilateral é a de uma legislação pública acompanhada de uma força com autoridade para sua aplicação, e é esse tipo de função que o Estado exerce. Somente numa condição civil algo pode ter o status de direito, como um meu ou um seu. Dessa forma, Kant nos demonstra que não podemos (do ponto de vista ético) virar as costas para as relações legais que esse tipo de instituição possibilita; segue-se então que as pessoas têm um dever de pôr tal organização em ato.

Referências

KANT, I. Metafísica dos costumes. Tradução de Clélia Aparecida Martins, Bruno Nadai, Diego Kosbiau e Monique Hulshof.: Editora Vozes, 2013.

Este post tem 119 comentários

  1. Howdy I am so happy I found your webpage, I really found you by mistake, while I was looking on Aol for something else, Nonetheless I am here now and would just like to say kudos for a incredible post and a all round exciting blog (I also love the theme/design), I don’t have time
    to look over it all at the moment but I have saved it and also included your RSS feeds, so when I have time I
    will be back to read much more, Please do keep up
    the awesome b.

  2. Hello There. I discovered your blog using msn. This is a really well
    written article. I’ll be sure to bookmark it and
    come back to learn more of your useful information. Thank
    you for the post. I will definitely comeback.

  3. What i don’t understood is in fact how you’re now not actually a lot more neatly-preferred than you might be now.
    You’re so intelligent. You know therefore
    considerably on the subject of this matter, produced me in my opinion consider
    it from numerous numerous angles. Its like men and women aren’t fascinated unless
    it is something to accomplish with Lady gaga! Your personal stuffs nice.
    All the time handle it up!

  4. Hiya! I know this is kinda off topic nevertheless I’d figured I’d ask. Would you be interested in exchanging links or maybe guest authoring a blog article or vice-versa? My blog goes over a lot of the same subjects as yours and I feel we could greatly benefit from each other. If you are interested feel free to send me an email. I look forward to hearing from you! Great blog by the way!

  5. Wonderful items from you, man. I have have in mind your stuff previous to and
    you are just extremely wonderful. I really like what you
    have bought right here, really like what you’re saying and the way through which you
    are saying it. You make it enjoyable and you still care for to keep it wise.
    I can not wait to read far more from you.
    This is really a terrific web site.

  6. Good day I am so excited I found your site, I really found you by error, while I was researching on Bing for something else, Regardless I am
    here now and would just like to say many thanks for a incredible post and
    a all round thrilling blog (I also love the theme/design), I don’t
    have time to read through it all at the moment but I have saved it and also added your RSS feeds, so when I have time I will be back to read
    more, Please do keep up the great job.

  7. Neat blog! Is your theme custom made or did you download it from
    somewhere? A design like yours with a few simple tweeks would really make my blog stand out.

    Please let me know where you got your design. Bless you

  8. Hi there, just became alert to your blog through Google,
    and found that it’s really informative. I am gonna watch out for brussels.
    I will appreciate if you continue this in future.
    A lot of people will be benefited from your writing.
    Cheers!

  9. I every time emailed this website post page to all my contacts, as if like to read it
    after that my friends will too.

  10. Its such as you read my mind! You appear to know so much approximately this, like you wrote the ebook in it or something.
    I believe that you just can do with some % to drive the message home
    a little bit, but instead of that, this is fantastic blog.

    A fantastic read. I will certainly be back.

  11. Este site é realmente fantástico. Sempre que acesso eu encontro coisas diferentes Você também pode acessar o nosso site e saber mais detalhes! informaçõesexclusivas. Venha descobrir mais agora! 🙂

  12. I believe that is among the such a lot significant information for me.
    And i’m glad reading your article. But want to statement on few basic
    issues, The web site style is great, the articles is really nice : D.
    Good job, cheers

  13. Really when someone doesn’t know after that its up to other people that they
    will help, so here it happens.

  14. Does your blog have a contact page? I’m having a tough time locating it but, I’d like
    to shoot you an email. I’ve got some ideas for your blog you might be
    interested in hearing. Either way, great site and I look forward to seeing it grow over time.

  15. Good way of telling, and good article to take facts concerning my presentation subject,
    which i am going to convey in school.

  16. Hello i am kavin, its my first occasion to commenting anywhere, when i
    read this article i thought i could also make
    comment due to this brilliant paragraph.

  17. Awesome things here. I’m very happy to look your article.

    Thank you so much and I’m having a look forward to touch you.
    Will you kindly drop me a e-mail?

  18. What a data of un-ambiguity and preserveness of precious know-how concerning unpredicted feelings.

  19. I’d like to thank you for the efforts you have put in penning this website.
    I am hoping to view the same high-grade content by you in the future
    as well. In truth, your creative writing abilities has encouraged me to get my very own website now 😉

  20. Este site é realmente demais. Sempre que consigo acessar eu encontro coisas incríveis Você também pode acessar o nosso site e saber mais detalhes! conteúdo único. Venha descobrir mais agora! 🙂

  21. Este site é realmente fascinate. Sempre que acesso eu encontro novidades Você também vai querer acessar o nosso site e descobrir detalhes! Conteúdo exclusivo. Venha descobrir mais agora! 🙂

  22. As the admin of this web page is working, no hesitation very shortly it
    will be well-known, due to its feature contents.

  23. Attractive section of content. I just stumbled upon your
    website and in accession capital to assert that I acquire actually enjoyed account your blog posts.

    Any way I will be subscribing to your augment and even I
    achievement you access consistently quickly.

  24. It’s an remarkable paragraph for all the internet users; they will get benefit from it I am sure.

  25. Great blog here! Also your site loads up very fast! What host are you using?
    Can I get your affiliate link to your host?
    I wish my web site loaded up as quickly as yours lol

  26. I know this if off topic but I’m looking into
    starting my own weblog and was curious what all is required
    to get set up? I’m assuming having a blog like yours would cost a pretty penny?
    I’m not very internet smart so I’m not 100% positive. Any tips or advice would be greatly appreciated.
    Thanks

  27. Hi there, its pleasant paragraph about media print, we all be familiar
    with media is a enormous source of facts.

  28. Hello, yeah this post is really fastidious and I have learned lot of things from it on the topic
    of blogging. thanks.

  29. I am not positive the place you are getting your
    information, however great topic. I must spend some time
    studying more or working out more. Thanks for magnificent information I used to be in search of this info for my mission.

  30. Hey There. I discovered your weblog using msn. That is an extremely well written article.

    I will be sure to bookmark it and return to learn extra of your helpful info.
    Thank you for the post. I will definitely return.

  31. Ahaa, its good dialogue concerning this paragraph at this place at this weblog,
    I have read all that, so now me also commenting at this place.

  32. I have been surfing online more than 3 hours today, yet I never found any interesting article like
    yours. It’s pretty worth enough for me. In my view, if all
    web owners and bloggers made good content as you did, the net will be a lot more useful than ever
    before.

  33. Normally I do not read post on blogs, but I wish to say that this write-up
    very pressured me to check out and do so! Your writing style has been surprised me.
    Thanks, quite great post.

  34. Have you ever considered publishing an e-book or guest authoring on other
    websites? I have a blog centered on the same topics you
    discuss and would really like to have you share some stories/information.
    I know my subscribers would enjoy your work.
    If you are even remotely interested, feel free to send me an e-mail.

  35. Hey I know this is off topic but I was wondering if you knew of any widgets I
    could add to my blog that automatically tweet my newest twitter updates.
    I’ve been looking for a plug-in like this for quite some time and was hoping maybe you
    would have some experience with something like this. Please let me know if you run into
    anything. I truly enjoy reading your blog and I look forward to your
    new updates.

  36. What a stuff of un-ambiguity and preserveness of precious familiarity on the
    topic of unexpected feelings.

  37. If some one wants expert view regarding blogging and site-building afterward
    i advise him/her to pay a visit this webpage, Keep up the good work.

  38. Hey there! I’m at work surfing around your blog from
    my new iphone 4! Just wanted to say I love reading through your blog and look forward to all
    your posts! Keep up the excellent work!

  39. Does your site have a contact page? I’m having problems locating it but, I’d like to shoot you an e-mail.
    I’ve got some recommendations for your blog you might be interested in hearing.
    Either way, great site and I look forward to seeing
    it expand over time.

  40. Very good post. I will be dealing with a few of these
    issues as well..

  41. I just could not depart your site prior to suggesting that I actually loved the standard info an individual supply in your
    guests? Is gonna be back often to investigate
    cross-check new posts

  42. Hi Dear, are you actually visiting this web page daily, if so then you will without doubt obtain nice knowledge.

  43. When I initially commented I clicked the “Notify me when new comments are added” checkbox
    and now each time a comment is added I get four emails
    with the same comment. Is there any way you can remove people from that service?
    Cheers!

  44. Hey there, I think your site might be having browser compatibility issues.
    When I look at your website in Chrome, it looks
    fine but when opening in Internet Explorer, it has some overlapping.

    I just wanted to give you a quick heads up! Other then that, fantastic blog!

  45. Useful information. Fortunate me I discovered your web site by
    chance, and I am surprised why this twist of fate didn’t happened earlier!

    I bookmarked it.

  46. Hello to all, the contents present at this
    web site are in fact remarkable for people knowledge, well, keep up the nice work fellows.

  47. Hmm is anyone else encountering problems with the pictures
    on this blog loading? I’m trying to determine if its a problem on my end or
    if it’s the blog. Any feedback would be greatly appreciated.

  48. I do not even understand how I ended up right here, however I believed this put up was once great.
    I don’t realize who you are but certainly you are going to a well-known blogger if you aren’t already.
    Cheers!

  49. An outstanding share! I have just forwarded this onto a colleague who had been doing a little homework
    on this. And he actually ordered me breakfast because I discovered it for
    him… lol. So allow me to reword this…. Thanks for the meal!!
    But yeah, thanx for spending some time to talk about this matter here on your web
    site.

  50. My programmer is trying to convince me to
    move to .net from PHP. I have always disliked the idea because of the expenses.
    But he’s tryiong none the less. I’ve been using
    WordPress on various websites for about
    a year and am worried about switching to another platform.

    I have heard good things about blogengine.net.
    Is there a way I can transfer all my wordpress content into it?
    Any kind of help would be really appreciated!

  51. Sweet blog! I found it while surfing around on Yahoo News.
    Do you have any tips on how to get listed in Yahoo News? I’ve been trying for
    a while but I never seem to get there! Thank you

  52. hello!,I love your writing so so much! proportion we communicate more about your post on AOL?

    I need an expert in this area to solve my problem.
    Maybe that’s you! Looking ahead to see you.

  53. What i do not realize is in reality how you are no longer really much more smartly-appreciated than you
    might be now. You’re very intelligent. You already know thus considerably with regards to this
    matter, produced me in my opinion consider it from so many
    numerous angles. Its like men and women are not fascinated
    unless it is one thing to accomplish with Lady gaga!
    Your personal stuffs great. At all times deal with it up!

  54. Very soon this site will be famous among all blogging and site-building visitors, due to it’s good posts

  55. Thanks for any other informative web site. Where else could I am getting that kind of info written in such an ideal method?
    I’ve a mission that I am just now operating on, and I have been at the
    look out for such info.

  56. I just like the helpful information you provide to your articles.

    I will bookmark your weblog and take a look at again here
    frequently. I am quite certain I’ll be told plenty of new stuff
    right right here! Best of luck for the next!

  57. Hey are using WordPress for your site platform?
    I’m new to the blog world but I’m trying to get started and set up my own. Do you require any html coding knowledge to make
    your own blog? Any help would be greatly appreciated!

  58. This post presents clear idea for the new users of blogging, that in fact
    how to do running a blog.

  59. Simply want to say your article is as astounding. The clearness in your post is just cool and
    i could assume you are an expert on this subject. Fine with your permission let me to grab your feed to keep up to date with forthcoming post.
    Thanks a million and please keep up the enjoyable work.

  60. I believe that is one of the so much vital info for me.
    And i am satisfied studying your article. However want to commentary on some basic things, The web
    site style is wonderful, the articles is in point
    of fact excellent : D. Excellent activity, cheers

  61. I read this piece of writing completely regarding the difference
    of newest and previous technologies, it’s amazing article.

  62. I do trust all the ideas you’ve offered for your
    post. They are really convincing and can definitely work. Still, the posts are too short
    for beginners. May you please lengthen them a bit from next
    time? Thanks for the post.

  63. Very quickly this website will be famous amid all blogging and site-building viewers, due to it’s nice content

  64. Thanks for any other informative site. Where else may I get that type of info written in such an ideal approach?

    I have a undertaking that I am simply now
    operating on, and I have been on the look out for such information.

  65. My brother suggested I might like this website. He was totally right.
    This post truly made my day. You cann’t imagine just
    how much time I had spent for this information! Thanks!

  66. Greetings! Very helpful advice in this particular
    post! It’s the little changes which will make the biggest changes.

    Many thanks for sharing!

  67. Este site é realmente fascinate. Sempre que consigo acessar eu encontro coisas diferentes Você também pode acessar o nosso site e saber mais detalhes! conteúdo único. Venha saber mais agora! 🙂

  68. Hi there, this weekend is nice designed for me, as this time i am reading this great informative piece
    of writing here at my residence.

  69. fantástico este conteúdo. Gostei bastante. Aproveitem e vejam este conteúdo. informações, novidades e muito mais. Não deixem de acessar para saber mais. Obrigado a todos e até a próxima. 🙂

  70. Can I simply say what a relief to discover someone who genuinely
    knows what they’re discussing online. You certainly realize how to bring a problem to light and make
    it important. More and more people need to check this out and understand this side of the story.
    I was surprised that you are not more popular because you most certainly possess the gift.

  71. I am extremely impressed with your writing skills as well as with
    the layout on your weblog. Is this a paid
    theme or did you customize it yourself? Either way keep
    up the excellent quality writing, it’s rare to see a great blog like this one today.

  72. demais este conteúdo. Gostei bastante. Aproveitem e vejam este conteúdo. informações, novidades e muito mais. Não deixem de acessar para descobrir mais. Obrigado a todos e até mais. 🙂

  73. I have read so many content concerning the blogger lovers except this post is in fact a fastidious post,
    keep it up.

  74. amei este site. Para saber mais detalhes acesse nosso site e descubra mais. Todas as informações contidas são informações relevantes e únicos. Tudo que você precisa saber está está lá.

  75. Excellent beat ! I wish to apprentice while you amend your web
    site, how could i subscribe for a blog site? The account aided me a acceptable deal.
    I had been tiny bit acquainted of this your broadcast offered bright clear concept

  76. Este site é realmente fantástico. Sempre que acesso eu encontro coisas diferentes Você também vai querer acessar o nosso site e saber mais detalhes! informaçõesexclusivas. Venha saber mais agora! 🙂

  77. I think that everything published made a ton of sense.
    However, think on this, what if you were to create a killer post title?
    I am not saying your content isn’t good, but suppose you added a post title that grabbed folk’s attention? I mean Kant
    e a legitimidade do Estado – Neoiluminismo is a little plain.
    You might look at Yahoo’s front page and note how they
    create article titles to grab viewers to click. You might add a video or a related pic or two to get people
    interested about everything’ve got to say. In my opinion, it could bring your website a little livelier.

  78. whoah this weblog is magnificent i love reading your articles.
    Stay up the good work! You recognize, lots of individuals are
    searching round for this info, you can help them greatly.

  79. I like the valuable info you provide in your articles. I will bookmark your blog and check again here frequently.
    I am quite sure I’ll learn many new stuff right here!
    Good luck for the next!

  80. I have read a few good stuff here. Definitely value bookmarking for revisiting.
    I wonder how so much attempt you put to make any such excellent informative web
    site.

  81. Hello there, I think your website might be having web browser compatibility problems.
    When I look at your web site in Safari, it looks fine however, if opening in I.E., it’s got some overlapping issues.
    I just wanted to give you a quick heads up! Aside from that, fantastic website!

  82. Stunning story there. What happened after? Good luck!

  83. Hi there, just became alert to your blog through Google,
    and found that it’s really informative. I’m going to
    watch out for brussels. I’ll appreciate if you continue this in future.
    Lots of people will be benefited from your writing. Cheers!

  84. Its like you read my mind! You seem to know a lot about this, like you wrote the book in it
    or something. I think that you could do with some pics to drive the message home a little bit, but
    other than that, this is excellent blog. A fantastic read.
    I will definitely be back.

  85. Este site é realmente demais. Sempre que consigo acessar eu encontro novidades Você também pode acessar o nosso site e saber mais detalhes! conteúdo único. Venha descobrir mais agora! 🙂

  86. Adorei este site. Para saber mais detalhes acesse o site e descubra mais. Todas as informações contidas são informações relevantes e exclusivas. Tudo que você precisa saber está está lá.

  87. demais este conteúdo. Gostei bastante. Aproveitem e vejam este site. informações, novidades e muito mais. Não deixem de acessar para aprender mais. Obrigado a todos e até mais. 🙂

  88. Very efficiently written post. It will be beneficial to anybody who employess it, including yours truly :). Keep doing what you are doing – for sure i will check out more posts.

  89. Este site é realmente demais. Sempre que acesso eu encontro coisas boas Você também vai querer acessar o nosso site e saber mais detalhes! Conteúdo exclusivo. Venha descobrir mais agora! 🙂

  90. demais este conteúdo. Gostei bastante. Aproveitem e vejam este conteúdo. informações, novidades e muito mais. Não deixem de acessar para saber mais. Obrigado a todos e até mais. 🙂

  91. Thanks for the sensible critique. Me and my neighbor were just preparing to do some research about this. We got a grab a book from our area library but I think I learned more clear from this post. I am very glad to see such great info being shared freely out there.

  92. Very interesting subject , thanks for posting.

  93. A Vollanzeige Sorge von alle der Statistik ist Ansatz über den Umfang Einstellung der früher länglichen Artikel.

  94. What else may this online poker remotecontrol do, well it may be
    used to play online poker events.

  95. brand prednisone online prednisone online 5 day prednisone dosage

  96. lasix without a script lasix to bumex Buy Phenergan Online

  97. cialis for less cialis 20mg order cialis online dream pharmaceutical

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Top